Festa é uma ótima ocasião para sair do tradicional e inovar, usando e abusando da criatividade e da imaginação. É também um bom motivo  para comemorar aniversários tanto de crianças como de adultos, reunir os amigos ou simplesmente marcar presença em eventos já tradicionais como o Carnaval e o Halloween.  Não importa se a fantasia é própria, alugada ou adaptada, o que interessa é se divertir, aproveitar o momento e o convívio com outras pessoas assumindo identidades de personagens, celebridades ou tipos humanos corriqueiros.

O legal também  é que os convidados se divertem por antecipação, imaginando que tipo de fantasia vão usar no dia da festa e o que outras pessoas estarão usando.  Isto faz aumentar o burburinho em torno do evento e fazer com que fique muito mais interessante.

Para organizar uma festa deste tipo é preciso elaborar de antemão uma lista dos preparativos  que deverão incluir desde  a escolha do local da festa  até a decoração,  cardápio,  som e iluminação. O tema da festa é com certeza um dos itens  mais importantes a ser considerado porque é baseado nele que os demais itens serão operacionalizados.

A  escolha poderá  ser feita  observando se a  data do evento  é  próxima ao  Carnaval, onde uma festa à fantasia livre seria ideal; já se for em outubro,  uma boa pedida seria o tema Halloween .  Em períodos  não  tão tradicionais, a escolha também pode ser feita  levando em consideração  se o aniversariante é criança ou adulto, menino ou menina e assim por diante, usando-se então  mais do gosto pessoal de cada um. Existe também a possibilidade de não haver um tema específico, o que será explicitado no convite, deixando então as pessoas livres para escolherem suas fantasias.

Uma idéia interessante para incentivar o uso da fantasia por todos os convidados é deixar claro no convite que haverá uma premiação para a fantasia mais criativa durante a festa.  Desnecessário lembrar porém que uma festa deste tipo é bem descontraída então não se deve exigir formalidades nem  fazer muitas exigências nos figurinos . Isto não impede que se estabeleçam limites para os trajes, em respeito às pessoas presentes no evento , principalmente se forem crianças.

Realmente importante é deixar bem claro no convite que,  para entrar na festa é necessário estar fantasiado para que a caracterização seja total.  A originalidade e a criatividade  por conta dos convidados  deixará a festa bem especial, porque as fantasias falarão por si só.

Se houver um tema escolhido, a decoração do ambiente dependerá essencialmente dele ou seja, no caso de uma festa  tipo anos 60, é possível colocar imagens de carros antigos,  ou fotos dos ídolos  e  música dos Beatles para ilustrar a época em questão. Se o tema for sobre filmes,  letreiros e placas sobre  Hollywood e Los Angeles, além de réplicas de câmaras de filmagem e um telão, podem ajudar a criar o clima.

No caso de festas sem temática específica, a estética do ambiente conta muito então uma variedade de cores, estampas e brilhos nos tecidos ajudam a deixar o local  mais atrativo, além do que acessórios e enfeites pendentes contribuem para valorizar o espaço. Para tornar o local mais confortável, pode-se apostar em almofadas e pufes  espalhados.

A iluminação também é fator importante então um globo de iluminação sempre é uma solução prática.  No caso de temas tropicais, vale apostar em luzes mais alaranjadas ou se for de temas de horror,  usar  cores escuras e tecidos carregados nas cortinas.

Para  garantir diversão dos  convidados, é importante fazer a escolha das músicas, que  poderão estar a cargo de DJs ou  banda ao vivo. O interessante na trilha sonora é dividir os ambientes com  sonoplastias diferentes, para  que  cada local  fique caracterizado ou seja, eles  podem estar divididos em recepção com  músicas suaves e tranquilas, pista com  músicas animadas   e área  para descanso, onde a trilha sonora deve combinar com conversas.  Especial cuidado deve-se ter  para que as músicas não interfiram entre si, formando uma verdadeira cacofonia musical.

Com relação à fantasia propriamente dita, tão logo surge o convite para uma festa deste tipo a primeira pergunta que se faz é  qual fantasia escolher para vestir por isso é importante atentar para algumas dicas.

Se o convite for de última hora  dá para recorrer a uma empresa de aluguel ou venda de fantasias  e se preparar a tempo de participar. Elas oferecem opções para todos os gostos e orçamentos . No entanto se houver tempo hábil, o ideal é investir em algo mais original e criativo, principalmente se for haver um concurso de fantasias durante o evento.

Nesse sentido é legal saber qual o perfil da pessoa que vai usar a fantasia, porque se for muito tímida, pode ficar constrangida se a  roupa for excessivamente chamativa ou ao contrário, alguém muito extrovertido poderá fazer muito sucesso usando fantasias engraçadas ou mais apelativas. È garantido que o uso correto das fantasias facilita contatos e  remove barreiras  além de abrir portas para novas amizades.

Independentemente de alugar, comprar ou criar a fantasia, deve-se levar em consideração o tipo de corpo da pessoa  pois muitas vezes o que se deseja é bonito mas não fica bem e além disso pode não ser muito confortável e ficar incomodando durante a festa. Outra questão para as mulheres é com relação aos sapatos, principalmente se forem de salto alto . Eles poderão dar um toque muito mais elegante à fantasia  porém se não forem confortáveis poderão machucar os pés e atrapalhar o fator mais importante da festa à fantasia: a sua diversão.